Conecte-se conosco




Polícia

Mãe de adolescente violentada, engana estuprador e o denuncia à Polícia

Publicado

em

Esuprador de enteada é preso

Um caso inusitado aconteceu na cidade de Indaiatuba onde uma mãe desesperada, foi até a polícia. Quando chegou lá, denunciou o estuprador de sua filha, uma adolescente com problemas mentais. O homem teria ficado esperando ela em bar, acreditando que iria se encontrar com a mulher.

+ Casos de feminicídio se multiplicam pelo Brasil e em Indaiatuba as vitimas são mulheres jovens

O estuprador, que é conhecido da família, foi atraído pela mãe da adolescente, numa espécie de emboscada.

A esperta senhora gravou o ato libidinoso do homem com sua filha e munida das imagens, foi até o posto policial de plantão e denunciou o homem. Neste meio tempo, o suspeito a esperava em um bar da cidade e nem desconfiava o que estava por vir.

De acordo com o que estava escrito no Boletim de Ocorrência lavrado em função do caso, a jovem tem transtornos mentais e suas chances de se defender de um ataque são mínimas. Suas funções cognitivas nem ao menos lhe dão a chance de compreensão de que ela estava em perigo.

O abusador, se valendo da condição especifica da jovem e da confiança da família, depositada nele, cometeu o ato criminoso. E na maioria dos casos semelhantes, cometidos contra menores ou incapazes, são obra de conhecidos, assim, como os casos de violência doméstica, que ocorrem dentro da própria residência, e sem testemunhas.

O fato, que aconteceu na parte da tarde do dia 02 de Outubro, na ultima quarta feira, foi negado pelo suspeito. O homem detido, negou as acusações contra ele, mesmo após as autoridades assistirem as imagens, que atestam sua participação no crime.

O estuprador foi detido pela polícia em uma praça, onde esperava a mãe da adolescente violentada, após a denuncia e sua prisão. Ele foi levado a prestar a prestar depoimento e o delegado responsável pelo caso, lhe deu voz de prisão e o autuou em flagrante por estupro de vulnerável. 

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Pingback: Homem apanha em bar após cantar por 3 horas a música da “Caneta Azul”

  2. Pingback: Jovem religioso deixa carta de despedida antes de ser encontrado morto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem procurado pela justiça é preso enquanto consertava antena no telhado de

Publicado

em

guarda Civil prende homem foragido

Um homem foi preso na cidade de Indaiatuba no telhado de casa após a guarda civil constar que ele era procurado da justiça.

De acordo com informações policiais, tudo começou quando uma mulher ligou para a Guarda Civil da cidade pedindo ajuda, pois o seu vizinho estaria no telhado jogando pedra em seu cachorro.

No local, os guardas notaram que o homem estava no telhado, e ao ser questionado, ele negou que estava jogando pedra e disse apenas que o motivo da sua permanência ela era uma troca de antena.

Desconfiados da atitude do homem, os guardas fizeram uma consulta do seu nome no COADE - Centro de Operações, Atendimento e Despacho da Guarda Civil, e lá constaram que o tal vizinho era procurado pela justiça.

No sistema, constava que o vizinho tinha um mandado em aberto para os crimes de furto na cidade de Angatuba.

Diante dos fatos, ele foi conduzido até a delegacia de polícia, onde permaneceu preso e a disposição da justiça.

O fato aconteceu na Rua Antônio Vicente Ferreira, no Jardim Europa ll, e as autoridades policiais de Indaiatuba estão à frente do caso.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Polícia

Mulher é agredida por marido 14 anos mais jovem no Jardim Califórnia

Publicado

em

Mulher denuncia marido de agressão

A polícia de Indaiatuba atendeu mais uma ocorrência de agressão contra mulher na cidade. A vítima dessa vez era 14 anos mais velha que o marido.

O caso aconteceu no Jardim Califórnia, e de acordo com informações, a vítima de 37 anos estaria acusando o companheiro de 22 anos de agressão e ameaças.

Segundo boletim de ocorrência, a mulher contou aos guardas civis que fizeram o atendimento que na parte da manhã o marido, que seria usuário de drogas, teria puxado o seu cabelo e atirado ela contra o chão após uma discussão.

Em seguida, segundo relato da vítima, ela teria tentado pegar o celular para pedir ajuda, quando foi agredida novamente.

Com a chegada da filha do casal no momento da ação, ao agressor fugiu, mas foi preso pelo guarda civil.

A vítima bastante machucada foi levada até a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), no Jardim Morada do Sol, onde passou por atendimento.

Já o agressor, que é 14 anos mais novo que a esposa, acabou sendo preso logo em seguida e disse aos policiais que a mulher está passando por um processo de depressão, e que estaria "fazendo drama".

Além disso, o agressor alegou que sempre o casal tem discussões, e que a mulher aproveita desse problema para gritar e fazer ameaças pela rua, atraindo a atenção dos vizinhos que acham que ela precisa de socorro.

Desta vez, o marido agressor teria tampado a boca da esposa, alegando que as pessoas iam "achar que ele estava batendo nela de verdade."

A filha da vítima de 14 anos viu tudo que se passava com a mãe e vai servir de testemunhas sobre o caso de agressão.

Diante do caso, as autoridades estão investigando para saber mais detalhes e assim dar o veredito final.

Esse é mais um caso de agressão a mulher em Indaiatuba, que choca a cidade pela violência e falta de políticas públicas na cidade.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Polícia

Homem é executado com tiros em zona rural de Indaiatuba

Publicado

em

Polícia encontra homem executado

Créditos fotos: Reginaldo Rodrigues/ Sueli Teixeira /Comando Notícia

A polícia de Indaiatuba atendeu uma ocorrência no último domingo (3) que leva a um caso de um homem executado com tiros na zona rural da cidade.

Briga de rua com bastão de baseball e faca acaba em prisão

De acordo com informações, o corpo homem foi encontrado com tiros de balas, e até o momento não foi possível identificar a vítima.

Após denúncia, o corpo foi encontrado em uma área de mata fechada, na zona rural, às margens da avenida Manoel Ruz Peres, entre o Jardim Veneza e o Campo Bonito.

Para manter o local livre de curiosos, guardas civis de Indaiatuba preservaram o local até a chegada da Polícia Científica, que veio da cidade de Campinas (SP), acionada pela Polícia Civil logo após a descoberta do crime.

O homem executado com tiros foi encontrado por um morador da cidade que transitava pela região.

Após a descoberta, ele acionou os guardar que constaram a morte por arma de fogo, e após a chegada da polícia civil, a região foi preservada para que as investigações pudessem ser iniciadas.

Até o momento ninguém foi preso e a polícia de Indaiatuba ainda não sabe o que teria motivado o crime e se o homem executado teria alguma ligação com alguma facção criminosa.

Em decorrência disso, não é de hoje que se noticia os crescentes casos de violência em Indaiatuba, que está deixando ser uma cidade do interior tranquila para virar manchetes de jornais policiais. Seja notícias sobre morte suspeitas, como tráfico de drogas, furtos e assaltos

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POPULARES