Conecte-se conosco




Brasil

Cachorro invade igreja durante casamento e ganha fama na internet

Publicado

em

Camento é invadido por cachorro

Creditos foto: Nando Oliveira/Divulgação

Quem imaginou que um cachorro poderia invadir uma igreja durante uma cerimônia de casamento? Mas, foi isso que aconteceu na cidade de Divinópolis, no Santuário de Santo Antônio, quando os noivos celebravam a união no último final de semana.

+ Doença do sono pode levar à morte, afirmam cientistas brasileiros

Durante um casamento na igreja, um cachorro bastante afoito invadiu o local e sua passagem foi captada pelas lentes do fotógrafo que cobria o casamento dos noivos.

O cãozinho que mora na rua, entrou na igreja onde era realizada a cerimônia e roubou a cena durante a troca de alianças dos noivos.

O fotografo responsável pelo registro não perdeu a oportunidade de eternizar a participação do bichinho no casamento, e nas redes sociais, o cachorro caramelo fez muito sucesso. Várias pessoas comentaram, dizendo que era a melhor foto de casamento dos últimos tempos, com um clique perfeito.

Apesar de muitas pessoas tentarem expulsar o cachorro após a entrada no casamento com medo que ele começasse a latir, o animal ficou lá quietinho assistindo toda a cerimônia, e após o "sim" dos noivos, ele saiu da igreja e não foi mais visto pelos convidados.

Em entrevista ao G1, os noivos disseram que até tentaram achar o cachorro, mas ele não foi visto. Perguntados se poderia adotar o bichinho, o casal falou que já tem a casa cheia, mas vão usar a foto do cachorro dentro da igreja que viralizou na internet no álbum de casamento.

Na vizinhança da igreja é comum a presença de cachorros, que as vezes entram na igreja nas missas, atraídos por comida ou movimentação de pessoas novas.

E parece que foi isso que aconteceu com esse cachorro, que agora ficou famoso na internet por se comportar direitinho durante o casamento, virando o xodó dos noivos e o queridinho de quem registrou a imagem.

Creditos foto: Nando Oliveira/Divulgação

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Homem apanha em bar após cantar por 3 horas a música da “Caneta Azul”

Publicado

em

Homem apnah por cantar caneta azul

Em Rondônia, um homem apanhou em um bar depois de perturbar os frequentadores cantando por mais de três hora a música "Caneta Azul". A canção vem fazendo bastante sucesso na internet, mas que tirou a paz dos clientes do estabelecimento.

Mãe de adolescente violentada, engana estuprador e o denuncia à Polícia

Tudo aconteceu quando Toinho do Arroz, de 34 anos, que é conhecido na região, chegou no bar, pediu uma bebida. Logo começou a cantar a música "Caneta Azul, Azul Caneta, Caneta Azul, Azul Caneta tá marcado com minha letra".

Após três horas falando os mesmos versos, usando uma caneta "BIC" levantada para cima, alguns clientes que estavam sentados em uma mesa ao lado de Toinho, cansaram da música e pediram para parasse.

De acordo com testemunhas, se negando a parar a cantar, os frequentadores do bar tiveram que partir pra cima. Toinho acabou se dando mal com o seu pequeno show.

A polícia militar foi acionada e Toinho foi encaminhado ao hospital pela ambulância com bastante ferimentos ainda cantando "Caneta azul"

A música "Caneta Azul" ganhou as redes sociais na última semana e virou um dos assuntos mais comentados. Criada pelo vigilante da cidade de Balsas, Manoel Jardim Gomes, a música já virou hit no Brasil. O vídeo dele cantando já superou três milhões de visualizações na internet.

O sucesso foi tão grande que alguns cantores brasileiros já estão aderindo a música em suas apresentações, como Wesley Safadão, a dupla Simone & Simaria, Léo Magalhães e outros.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Brasil

Pai de santo usava a fé para abusar sexualmente de mulheres

Publicado

em

Mulheres são abusadas por pai de santo

Uma notícia chocou os moradores de Biguaçu, em Santa Catarina, após um pai de santo ser acusado de usar a fé para abusar sexualmente de mulheres que buscavam a sua ajuda espiritual.

+ Ladrões roubam no Jd. Morada do Sol após fazer família inteira de refém

A informação que o pai de santo usava a espiritualidade para abusar das suas clientes,foi confirmada pela polícia da cidade que investiga o caso há mais de seis meses. O setor de investigação recebeu denuncias de diversas vítimas que procuraram a delegacia local para relatar os casos de abuso contra elas durante as sessões espirituais.

Nas sessões, que acontecia no fundo da casa do pai de santo, ele aproveitava o momento de desespero das mulheres para abusar em nome da fé.

Com o intuito de ajudar, o suspeito de abusar sexualmente de mulheres usava um líquido de cachaça com ervas para massagear o corpo das vítimas. Com a justificativa de que tinha que tirar as energias pesadas do corpo delas, acabava tocando em partes íntimas. Também roubava beijos e tentava fazer sexo com as mulheres, de acordo com a investigação.

Outra coisa que chocou os policiais é que o pai de santo também mandava mensagens para as vítimas por meio das redes sociais com o intuito de assediar-lás. Na abordagem, Ele pedia fotos e perguntava sobre as intimidades delass. O caso era tão impactante que algumas mulheres tentaram se matar após os abusos.

A delegada Marcela Sanae França Goto, responsável pela investigação, disse que o "pai de santo falava que iria fazer uma lavagem espiritual, uma limpeza espiritual, mas que ele acabava se aproveitando, passando as mãos nelas e acariciando. Teve um caso inclusive que aconteceu com o marido de uma delas dentro da sala com os olhos fechados".

O pai de santo está preso preventivamente até a conclusão da investigação. Em sua defesa, o advogado dele disse que o cliente nega todas as acusações. Mas que teve relacionamento com duas dessas mulheres, mas com consentimento delas, e que está contribuindo com as investigações.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POPULARES