Conecte-se conosco




Política

Vereador mais popular de Indaiatuba é condenado a 10 anos de prisão por improbidade administrativa

Publicado

em

Vereador Pepo condenado a prisão

Uma notícia pegou os moradores de Indaiatuba de surpresa depois que o vereador Jorge Luis Lepinsk, conhecido por Pepo, um dos mais populares da cidade, foi condenado pela justiça por improbidade administrativa.

+ Motorista autônomo é preso por suspeita de tráfico de drogas em no interior de São Paulo

De acordo com o Ministério Público, a acusação é que estaria ligado a um desvio de R$ 8 mil reais, que deveria ter sido destinado a um bloco de Carnaval em 2013. Mas acabou sendo usado por Pepo para despesas próprias.

Apesar do inquérito e das provas do MP, a defesa do vereador Pepo alega que o mesmo está sendo vítima de perseguição por adversários políticos, que com invejas do seu mandato, estariam levantando falsas acusações contra ele.

Por isso, o vereador divulgou uma nota à imprensa esclarecendo os fatos para dizer que é inocente, e que irá recorrer da ação:

"Após a condenação arbitrária e de cunho político prolatada pelo Juiz da Vara Criminal da Comarca de Indaiatuba, a defesa do Vereador Jorge Lepinsk, o Pepo da Habitação, informa que apresentará, no prazo legal, os Embargos de Declaração por conta das Contradições, Omissões e Obscuridades que existem na referida Decisão. Isto porque, a instrução criminal colhida nestes autos demonstra a inocência do Vereador, que foi acusado injustamente de cometer um ato ilícito em 2013, quando então era apenas assessor da Secretaria de Habitação de Indaiatuba. Caso seja mantida a condenação pelo juízo desta Comarca, a defesa apresentará Recurso de Apelação para o Tribunal de Justiça de São Paulo. Na esperança de desarticular essa verdadeira perseguição política que o Judiciário local insiste em perpetrar contra o Grupo Político a que pertence o Vereador Pepo, este reafirma sua plena confiança na sua absolvição em Instâncias Superiores".

A condenação do vereador Jorge Luis Lepinsk, , mostra que a cidade de Indaiatuba está cansada de tanta corrupção e erros que foram seguidas em gestões passadas. Tais fatos de Pepo e de outros vereadores não serão aceitas agora.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Prefeito de Indaiatuba apresenta projeto de melhorias para o Rio Jundiaí a ministro

Publicado

em

Obras para o Rio Jundiaí

O prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB), esteve em Brasília na última semana, juntamente com superintendente adjunta do Saae, Vanessa Kühl, para apresentar o "Programa Integrado de Saneamento e Recursos Hídricos de Indaiatuba /SP - Rio Jundiaí Limpo".

O projeto de melhorias para a bacia do Rio Jundiaí foi apresentado para o Ministério da Economia e representantes de setores ligados aos Recursos Externos.

No projeto, obras importantes serão realizadas na margem esquerda do rio, onde está a região de Itaici.

Dentre as mudanças, o foco é a construção de uma nova Estação de Tratamento de Água, reservatórios, adutoras, interceptor de esgotos na margem esquerda do Rio e implantação da segunda fase do projeto de distribuição de Água de Reuso.

O encontro com o Ministério da Economia se deu devido a cidade de Indaiatuba ser selecionada pela Comissão de Financiamento Externo.

Com essa comissão, diferentes órgãos da Esfera Federal, entre eles a Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda - SAIN/MF, escolheram Indaiatuba para receber o investimento após uma análise do projeto.

Agora, será feita uma consulta para saber sobre como funciona o programa, as vantagens dele para a cidade, e se a COFIEX ver como positivo, autoriza a assinatura do contrato.

Portanto, esses projetos que podem beneficiar Indaiatuba são realizados com recursos de organismos internacionais como o Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura (Fida), o Green Climate Fund (GCF), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).

Resta aguardar agora se o "Programa Integrado de Saneamento e Recursos Hídricos de Indaiatuba /SP - Rio Jundiaí Limpo" será aprovado pelos órgãos competentes em Brasília a fim de trazer benefícios a população da cidade em curto e médio tempo.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Política

Justiça Eleitoral de Indaiatuba realiza cadastro da biometria neste sábado (19)

Publicado

em

Cartório Eleitoral/ biometria

No próximo sábado (19), a Justiça Eleitoral de Indaiatuba estará realizando um atendimento extraordinário no Polo Shopping de Indaiatuba e no Cartório Eleitoral da 211ª Zona Eleitoral. O objetivo é de cadastrar a biometria dos eleitores da cidade.

+ Prefeitura de Indaiatuba promove atendimento de saúde para moradores de rua

Para o cadastro da biometria, o Cartório Eleitoral da 211ª Zona Eleitoral, situado na Rua Treze de Maio, 834 – Centro, fará o atendimento das 8h às 13h e no posto do Polo Shopping será das 10h às 15h. O atendimento do posto implantado no Shopping prosseguirá até a data-limite para o cadastramento obrigatório (19 de dezembro de 2019).

O cadastro da biometria para a votação é obrigatório no estado de São Paulo, e a cidade de Indaiatuba conta com 170.254 eleitores da cidade, onde apenas 62,31% (106.079) cadastraram as digitais. Assim, para as eleições municipais de 2020, o eleitorado do município deverá estar com todo o cadastro da biometria, tornando ainda mais seguro o processo eleitoral.

A Justiça Eleitoral faz um alerta de que, quem não fizer o cadastro das digitais até a data-limite de 19 de dezembro terá o título cancelado e sofrerá restrições na vida civil. Ainda enfatiza a importância do eleitor de comparecer o quanto antes ao cartório, a fim de evitar as longas filas, comuns de acontecerem próximo da data limite.

Para quem vai fazer a biometria, é necessário levar documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e o título de eleitor (caso tenha).

Para facilitar o atendimento, o morador de Indaiatuba pode realizar o agendamento da biometria pelo site do TRE-SP www.tre-sp.jus.br.

Essa ação visa facilitar o momento da votação e impedir fraudes ou votos duplicados que ainda acontece em várias regiões do país.

Unidades de Atendimento

Cartório eleitoral: Rua Treze de Maio, 834 - centro. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

Polo Shopping: Alameda Filtros Mann, 670 – Jardim Tropical. Atendimento de segunda a sexta-feira das 10h às 18h.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Política

Casal de militares são condenados após roubar munição de batalhão em Campinas

Publicado

em

Casal de militares do exercíto de campinas

Na última segunda-feira (14), o casal de militares do 28º Batalhão de Infantaria Leve, localizado na cidade de Campinas, foram condenados após a confirmação de terem roubado munições do batalhão.

+ Copiar linkIndaiatuba registra 277 casos de dengue e prefeitura toma medida urgente

A decisão foi decretada pelo Conselho Especial de Justiça após o casal serem presos na cidade de Atibaia em maio deste ano.Na ocasião, ambos estava em posse de 1,4 mil munições e R$ 3,6 mil em dinheiro, que teriam sido obtidos com a venda de outros 460 cartuchos roubados do quartel.

Com a decisão judicial, o capitão foi condenado a 7 anos de prisão em regime inicial semiaberto, e teve prisão preventiva convertida em domiciliar. Ele não pode apelar em liberdade. Já a tenente foi condenada a 4 anos de prisão em regime aberto, mas teve a determinação substituída por duas penas restritivas de direito. Ela pode recorrer em liberdade.

O Superior Tribunal Militar (STM) informou que casal militares ainda estão vinculados ao batalhão, e que isso permanecerá até a conclusão do caso julgado, onde os acusados podem recorrer até as últimas estâncias.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POPULARES